quarta-feira, 30 de março de 2011

GASTOS DE ORGANISMOS PUBLICOS PORTUGUESES‏

ESTUDO DO ECONOMISTA ÁLVARO SANTOS PEREIRA (PROFESSOR DA SIMON FRASER UNIVERSITY,NO CANADÁ) SOBRE OS GASTOS DE ORGANISMOS PUBLICOS PORTUGUESES‏

Portugal tem hoje 349 Institutos Públicos, dos quais 111 não pertencem ao sector da Educação. Se descontarmos também os sectores da Saúde e da Segurança Social, restam ainda 45 Institutos com as mais diversas funções.


Há ainda a contabilizar perto de 600 organismos públicos, incluindo Direcções Gerais e Regionais, Observatórios, Fundos diversos, Governos Civis, etc.) cujas despesas podiam e deviam ser reduzidas, ou em alternativa - que parece ser mais sensato - os mesmos serem pura e simplesmente extintos. Para se ter uma noção do despesismo do Estado, atentemos apenas nos supra-citados Institutos, com funções diversas, muitos dos quais nem se percebe bem para o que servem.


Veja-se então as transferências feitas em 2010 pelo governo para estes organismos:


- Se se reduzissem em 20% as despesas com este - e apenas estes - organismos, as poupanças rondariam os 1000 milhões de €, e, evitava-se a subida do IVA.


- Se fossem feitas fusões, extinções ou reduções mais drásticas a poupança seria da ordem dos 4000 milhões de €, e não seriam necessários cortes nos salários.


- Se para além disso mais em outros tantos Institutos se procedesse de igual forma, o PEC 3 não teria sequer razão de existir.


DIVULGUE

terça-feira, 29 de março de 2011

TOOL FAIR - VI edition


TOOL FAIR - VI edition

Tallinn - Estónia

16 a 20 de Novembro de 2011

Sumário da actividade: A sexta edição da Tool Fair continua com um conceito que é bem conhecido e reconhecido na área juvenil a nível internacional, oferecendo uma interessante combinação de “laboratório” e “mercado” para descobrir e experimentar ferramentas educacionais desenvolvidas no âmbito do programa europeu Juventude em Acção. É um espaço de partilha, de experiência, de discussão e desenvolvimento de ferramentas educacionais utilizadas em diferentes actividades na área da juventude (intercâmbios e iniciativas jovens, projectos SVE, seminários, cursos de formação, etc.).

Os participantes da Tool Fair vão ter a oportunidade de construir a sua própria experiência educacional, de desenvolver workshops para partilhar as suas ferramentas com outros colegas a nível internacional, bem como de participar em workshops desenvolvidos por outros.


Condições de Participação:

A participação no curso é gratuita e todas as despesas relacionadas com estadia, alimentação e actividades serão suportadas pela organização. Os inscritos seleccionados terão apoio para os transportes internacionais da Agência Nacional Portuguesa. Os participantes deverão providenciar, por conta própria, um seguro de viagem e acidentes pessoais e devem comprometer-se a participar em todo o programa de actividades tal como proposto pela organização. Só serão aceites participantes com idade igual ou superior a 18 anos.


Língua de trabalho: Inglês


Perfil dos participantes: Técnicos de Juventude, líderes juvenis, gestores de projectos, jovens, decisores políticos e outros educadores e técnicos da área juvenil.


Prazo Limite de inscrição: 27 de Junho de 2011


Pessoa de Contacto: Branca Pimenta (branca.pimenta@juventude.pt)

segunda-feira, 14 de março de 2011

Governo prepara redução do IVA para o golfe...


Sócrates foi sensível a argumentos do sector. Praticantes poderão pagar apenas 6% de imposto, em vez dos 23% actuais. Solução passará por nova interpretação da lei... (Ver Artigo)